preloder

Sistema de Incentivos Qualificação das PME

AVISO Nº 06/SI/2019 – Sistema de Incentivos Qualificação das PME

Candidaturas abertas até 31 maio 2019

 

Encontram-se abertas as candidaturas para projetos de empresas que visem ações de qualificação de PME em domínios imateriais com o objetivo de promover a competitividade das PME e a sua capacidade de resposta no mercado global, assim como o desenvolvimento de novas áreas de competência no âmbito da indústria 4.0 e a implementação de um sistema de gestão da conciliação entre a vida pessoal, familiar, e profissional.

 

São suscetíveis de apoio os projetos com investimentos no âmbito do:  

Reforço das capacidades de organização e gestão das PME, incluindo, o investimento em desenvolvimento das capacidades estratégicas e de gestão competitiva, como sistemas de gestão da conciliação da vida profissional, pessoal e familiar, redes modernas de distribuição e colocação de bens e serviços e a utilização de TIC.

Neste âmbito, enquadram-se nos domínios imateriais de competitividade os seguintes exemplos de ações:

  • Inovação organizacional e gestão 
    • Estudos de Arquitetura e Engenharia
    • Ações de Benchmarking
    • Aquisição de Bases de dados e estudos
    • Implementação de novos métodos e organização do trabalho
    • Planos de Gestão e Marketing
    • Redesenho e melhorias de layout
  • Economia digital e tecnologias de informação e comunicação (TIC) 
    • Ações para adequação e inserção dos modelos de negócio na economia digital, como criação de páginas web, loja online, redes sociais e apps
    • Ações de promoção digital da empresa, produtos, e serviços através de criação de catálogo digital, vídeo promocional, e da otimização dos motores de busca
  • Criação de marcas e design 
    • Conceção e registo de Marcas (empresa ou produto)
    • Melhoria das capacidades de design
  • Desenvolvimento e engenharia de produtos, serviços e processos 
    • Melhoria das capacidades de desenvolvimento e engenharia de produtos, processos, e serviços, nomeadamente pela criação ou reforço das capacidades laborais através da aquisição de equipamentos, hardware, e software para laboratório
  • Proteção de propriedade industrial
    • Registo de patentes, invenções, modelos de utilidade e desenhos ou modelos
  • Qualidade
    • Certificações de Produto não obrigatórios
    • Certificações no âmbito do sistema Português da Qualidade (SPQ) ou de sistemas internacionais de certificação, incluindo Implementação de sistemas de gestão da conciliação entre a vida profissional, familiar e pessoal, devendo abranger a respetiva certificação acreditada designadamente, ao abrigo da NP 4552:2016
  • Transferência de conhecimento  
    • Aquisição de serviços de consultoria e assistência técnica, nos domínios da transferência de conhecimentos e certificação de sistemas de gestão da investigação, desenvolvimento e inovação
  • Distribuição e logística 
    • Sistemas de informação – (softwares), que assegurem novos métodos de distribuição e logística
  • Eco-inovação
    • Ações para incorporação nas empresas dos princípios de eco-eficiência e da economia circular como sejam: obtenção de Rótulo ecológico, adoção de sistema de ecogestão e auditoria EMAS

A eligibilidade da contratação de colaboradores com nível de qualificação igual ou superior a 6 (Bacherlato / Licenciatura), num número máximo de dois, terá enquadramento no domínio imaterial associado às funções que virá a desempenhar.

 

Consulte aqui o resumo da legislação